Problemas recebimento Ad Sense

Depois da alegria da notícia de pagamentos através de transferência eletrônica de fundos…

Em dezembro, os bloggers receberem a má notícia, que as entregas dos cheques do AdSense, foram interrompidas, devido a restrições impostas pelas leis brasileiras aduaneiras que regulam o envio de cheques por courier.

Em 30 de janeiro, os bloggers recebem um email do Google Inc, dizendo que:

“Conforme anunciado anteriormente, houve um adiamento dos seus
últimos pagamentos do AdSense. Hoje temos a satisfação de informar

que esses pagamentos foram retomados e voltarão à normalidade. A
partir de agora, o envio de recursos será feito por uma transferência
eletrônica internacional em dólares (wire transfer).”

Bastava então enviar um FAX contendo:
– CPF (para pessoas físicas) ou CNPJ (para pessoas jurídicas)
– Nome do Banco
– Endereço e telefone do Banco

– Número do Banco
– Número da Agência
– Número da Conta
– Código Swift (por favor, entre em contato com a área de câmbio
do seu banco para pedir este código)

Logo o número de FAX foi divulgado no backend do Ad Sense, eu enviei o FAX para São Paulo, com todos os dados.

No dia 2 de fevereiro, recebo a confirmação de que o escritório recebeu o FAX e que os pagamentos retidos seriam processaddos por volta do dia 6 de fevereiro.

No dia 8 de fevereiro, verifico que a transferência eletrônica foi efetuada, mas para uma conta de final ****45.
Logo escrevo para o Google, alertando que minha conta nao tinah final 45.
Não obtive resposta.

Foi ao Banco do Brasil, para localizar se o deposito havia sido feito.
Sim, havia! Porém, foi parar no GECEX do Rio do Janeiro.

Pagamento feito em meu nome, porém nao constava nem meu CPF, nem a minha conta bancária.

O GECEX pediu que eu apresentasse documentacao para q eles liquidassem o pagamento.
Apresentei Termos de Condições do Google Padrão Online e print screens do detalhe do pagamento efetuado dia 08/02

Aí que vem a confusão, o GECEX não libera o dinheiro porque não aceitou o Termos de Condições do Google nem os print screens da minha área reservada do Google AdSense.

Disse que teria que apresentar um “nota” ou “fatura” emitida pelo Google.

Contra argumentei, dizendo que se alguém tem a apresentar fatura ou nota de débito, sou eu para o Google…e não, o inverso. Mas, eu sou pessoa física!

Pelo jeito , tudo está sem solução.

A princípio, a Transferência Eletrônica de Fundos do Google Inc foi enquadrada no CÓDIGO DE NATUREZA 45711 , discriminado como: serviços diversos, outros serviços técnicos ou profissionais.

Minutos atrás meu gerente me ligou para informar, foi mudado para o CÓDIGO DE NATUREZA 45883 , discriminado como: Publicidade, Propaganda, Marketing e Pesquisa de Opinião.

Esta é a normativa do Banco Central.
Base Legal RMCCI / 1 8 2 10 e Circular Bacen 3291.

E pagamentos enquadrados neste código de natureza, necessitam que se comprove a origem do dinheiro atraves de um documento fiscal do Google.
Documentos como print screens da nossa conta AdSense e Termos e Condições, não bastam.

Alguma luz no fim do túnel?
É claro que a normativa do Banco Central regula a entrada de dólares no país e que Receita Federal quer taxar isto. E é óbvio, que os bons cidadãos pagarão.
Alguém conseguiu receber Ad Sense?
As minhas contas com hospedagem e acesso a internet começam a acumular sobre a minha mesa…
Não será agora que vai dar pra responder ao Contraditorium:O que fazer com o dinheiro do Google?
<
– – – – – – – – – – –
Regulamento do Mercado de Câmbio e Capitais Internacionais

www.bcb.gov.br

– – – – – – – – – – –

Circular do Banco Central nº 3291, de 08.09.2005

O Banco Central editou, no dia 8 de setembro de 2005, a Circular no 3.291, que promoveu alterações no Regulamento do Mercado de Câmbio e Capitais Internacionais. Uma das novidades é a previsão expressa de um código para a realização de operações de câmbio cuja natureza é classificada como “Serviços Diversos – Créditos de Carbono 29/(NR) 45500″. Observadas as disposições da Res. 3.265, quanto à legalidade da transação, fundamentação econômica e responsabilidades definidas na respectiva documentação, podem as operações ser cursadas diretamente junto aos bancos autorizados a operar no mercado de câmbio.
TÍTULO: 1 – Mercado de Câmbio
CAPÍTULO: 8 – Codificação de Operações de Câmbio
SEÇÃO: 2 – Natureza de Operação

SUBSEÇÃO: 10 – Serviços Diversos – Créditos de carbono Código 45500

A criação de um código específico para operações com créditos de carbono propiciará maior agilidade e segurança para o fluxo de recursos decorrente de negociações dessa natureza.
Circular no 3.291

Follow Me on Pinterest
Marcado com: ,
Um comentário sobre “Problemas recebimento Ad Sense
  1. webmaster disse:

    » Só o lulinha é honesto ! por Dalberto Bergamaschi 25.02.2007 22:32
    infelizmente o BraZil é esta porquice mesmo, ou seja, o cidadão comum é pilantra até provar o contrário. Enquanto você luta para receber o que é seu de direito, o Marcos Valério movimentou, comprovadamente, R$ 450 M e nunca pagou um tostão de impostos deste dinheiro. E a empresa do Lulinha continua vendendo videogames… FALA SÉRIO !

    » contato@techbits.com.br por Alexandre Fugita 24.02.2007 16:03
    Olá Alessandra! Eu resolvi seguir os conselhos do Cardoso e usar o Banco Rendimento. Nenhuma complicação e o $ já está na minha conta (do BB). Melhor ainda, o pessoal do Rendimento é atencioso e liga para confirmar a operação. Foi tudo feito “sem sair de casa”. No meu adsense também aparece esse negócio de final de conta 45… acho que isso é algo padrão deles, vai saber…

Deixe uma resposta